segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Cuidados a se tomar quando se é dominador:

0 comentários
Todos tem limites, os subs que dizem não ter limites precisam ser adestrados ou evitados, muito provável que sejam masoquistas em potencial e acham que o BDSM se resume a dor ou são apenas curiosos em busca de sexo apimentado.

Você tem todo o direito de cobrar pela sessão em dinheiro ou presentes mas, deixe isso claro desde o início.

Não assedie o escravo alheio, tenha a capacidade de ter seus próprios escravos.

Não chantageie o escravo alheio, guarde a sua inveja pela devoção dele ao dono, por trás da sua máscara. Chantagem é crime.

Não chantageie o seu escravo, trair a confiança de alguém é imoral e chantagem é crime.

Respeite os limites e a segurança de quem está sob seus cuidados.

Se não tem paciência para o adestramento, não o faça, procure um/a adestrador/a de confiança que irá adestrar seu escravo/a iniciante. O adestramento requer altas doses de paciência, perspicácia e conhecimento, caso contrário, o sub sentir-se-á frustrado e o seu adestramento falhou.

Adestramento não é posse, o escravo não é seu, respeite os limites dos donos e do escravo, vá até onde lhe confiaram para ir.

Você não é mistress nem mestre se nunca foi mentor de alguém, galgue um degrau por vez.

Ensine boas maneiras a seu escravo, as pessoas lhe conhecerão através deles.

Não saia a caça de escravos, coloque-se no seu lugar, são eles que devem vir até você.

Texto da minha amiga: Flau Coutinho.
Read full post »

Cuidados a se tomar para quem quer ser dominado:

0 comentários
Não tenha pressa, submissão não é sexo casual, fique atento para os dons ou dommes que numa simples conversa onde vocês estão apenas se conhecendo já lhe trata como posse deles, como objeto ou como lixo. Você é sub mas, é dono de suas vontades, por enquanto.

Se a domme ou dom cobram pela sessão, não os tratem por prostitutos, você tem sua fantasia com acessórios e ter uma domme/dom que se encaixe nela, tem seu custo, podem negociar o custo dos acessórios ou presentes.

Cuidado com fotos, muitos dons/dommes fotografam e depois fazem chantagem.
 O mesmo cuidado com as conversas em privado que podem ser copiadas e usadas para chantagens.

Converse, converse e converse, tire suas dúvidas, busque referências sobre a pessoa, certifique-se de que a pessoa com quem conversa e pretende se entregar é digna de confiança.

Não fique barganhando dons/dommes, se quer aquela pessoa se esforce para tê-la, não se coloque em leilão.

Alguns dominadores/as vão te colocar a prova para te testar e te conhecer melhor, sujeite-se com afinco, se é a coleira dele/a que você quer.

Se tens dono/a, não saia caçando outro/a, devolva a coleira e aí sim comece a negociar com outro/a mas, lembre-se de que se o dominador/a não respeitou outro dominador/a, não irá respeitá-lo/a também.

Deixe claro seus limites, combine a palavra de segurança e se preciso for, faça um contrato assinado por ambas as partes.

Não deixe o seu dom/domme invadir a sua vida pessoal, quando a relação não extrapola esse limite.

Texto da minha amiga: Flau Coutinho.
Read full post »
 

Copyright © Mestres e Servos Design by Free CSS Templates | Blogger Theme by BTDesigner | Powered by Blogger